Teoria: A verdadeira identidade do Estrangulador de Scranton


(Apesar da série ter terminado há quase 7 anos, vamos ser legais e colocar um AVISO DE SPOILER aqui. Fiquem avisados)

Crimes, terror, violência, medo, assassinatos, horror, crueldade. Essas são as palavras que definem esse ser perverso que aterrorizou a cidade de Scranton, Pensilvânia, há alguns anos. 

Quem assistiu a série do milênio -  The Office -  sabe muito bem de quem estou falando: o estrangulador de Scranton começou como um plot secundário na série, mas foi atraindo mais atenção conforme era mencionado pelos funcionários da amada Dunder Mifflin de Scranton.

Isso pode te surpreender, mas o estrangulador de Scranton foi citado pela primeira vez apenas na temporada 6, no episódio 17 (imagem abaixo). Depois dessa primeira menção, a figura misteriosa foi mencionado mais 13 vezes durante a série.

Primeira aparição do Estrangulador de Scranton

Vamos recapitular rapidamente essas menções: após Andy Bernard citar o criminoso pela primeira vez, temos alguns episódios onde Dwight Schrute tenta capturá-lo sem sucesso. Então, na temporada 7, episódio 8, temos uma emocionante e desesperadora perseguição que culmina na apreensão do suposto estrangulador.

Você pode estar se perguntando: "Suposto? Como assim?", e é aqui que eu começo a expor as provas que levam a um único nome: TOBY FLENDERSON!!!

O representante de recursos humanos possui uma personalidade introvertida, embaraçosa e que irritava profundamente Michael Scott, então gerente regional. O que poderia levantar suspeita em uma personalidade tão apática?


PROVA 1: TOBY ESTAVA AUSENTE QUANDO O ESTRANGULADOR FOI PRESO

No dia que ocorreu a já mencionada perseguição, o escritório da Dunder Mifflin parou com o único objetivo de acompanhar a caçada pelo facínora que tanta preocupação gerou entre os moradores da pacata cidade. Todos os funcionários se engajaram para acompanhar esse evento, mas um deles não estava presente justamente naquele dia: Toby Flenderson. "Ah, mas é apenas uma coincidência", você pode dizer. Mas veja que curioso: na perseguição, vemos um carro sendo seguido pela polícia e, pasmem! Esse carro foi visto estacionado nas pendências da empresa.

A comparação dos carros

Mas então, ele teria sido capturado, certo? ERRADO! O canalha estava tentando incriminar alguém! E como eu afirmo isso com tanta certeza?

PROVA 2: TOBY ESCREVE FICÇÕES CRIMINAIS E TEM CONHECIMENTOS SOBRE INCRIMINAR ALGUÉM INOCENTE

Toby escreveu um romance chamado "A Murder for Framing" ("Um assassinato por incriminação", em tradução livre), em que conta a história de um crime cometido e manipulado para incriminar outra pessoa, cujo personagem principal é Chad FLENDERSON, um homem que, nas palavras de Toby: "Sente a falta de sua esposa". Bom, todos sabemos que Toby é divorciado. Seria a história do livro na realidade a história de Toby? A resposta é com vocês.

O romance de Toby

PROVA 3: OS CRIMES DO ESTRANGULADOR OCORREM PERTO DA DUNDER MIFFLIN, DAS RESIDÊNCIAS DE SEUS FUNCIONÁRIOS E EM DATAS CURIOSAS

Apesar do infame criminoso ter sido mencionado pela primeira vez na temporada 7, na temporada 5 Meredith Palmer menciona que um de seus vizinhos foi assassinado. Seria ação do estrangulador? Sabemos que ele já agia há algum tempo, pois temos a notícia do jornal: "Estrangulador de Scranton ataca NOVAMENTE".

A perseguição ocorre próximo ao escritório, além de que os funcionários estão sempre apreensivos, indicando que os crimes ocorrem nas proximidades.

Sabemos que um assassino pode ser passional, e aqui temos um exemplo: Toby era claramente apaixonado por Pam Halpert e tinha um rancor declarado de seu marido, Jim Halpert. No dia que Pam dá a luz ao seu primeiro filho, adivinhem quem NÃO está no hospital visitando-os com o restante dos funcionários? Você sabe a resposta. E, pior: nesse dia, o Estrangulador de Scranton ataca (é sua primeira menção, no jornal da primeira imagem). Seria ódio, rancor, tristeza, ira, raiva, revolta? Talvez tudo isso e muito mais. Ele descontou sua decepção em uma pobre e inocente vítima ao ver a mulher que ama formando uma família com o homem que ele odeia.

PROVA 4: TOBY TEM UM CONSTANTE SENTIMENTO DE CULPA

Toby Flenderson é um homem frequentemente triste e que demonstra muita culpa. Ele não entra em uma igreja. No batizado da Cece, Toby tem dificuldade em entrar no santuário, pois, segundo o próprio, ele e o "Big Man" (Deus) têm uma história. Que história é essa? Crimes hediondos, eu afirmo.

Como mencionado acima, ele incriminou uma pessoa pelos crimes que ele mesmo cometeu. O nome desse infeliz indivíduo é George Howard Skub. Não fosse suficiente armar para que esse homem de face desconhecida pagasse pelas atrocidades que ele cometeu, Toby ainda foi convidado para fazer parte do júri que condenou George pelos crimes. Conveniente, não? Mas vemos, posteriormente, como Toby fica aficionado pelo assunto. Das 14 menções ao criminoso, ele é responsável por 7 delas. Ele está sempre trazendo o assunto à tona, como se estivesse justificando alguma coisa... O que, Toby? Chega num ponto em que ele revela ter dúvidas sobre a justiça e acha que George é inocente. Consciência pesada, Toby?

Então ele vai até a prisão, visitar George e o desventurado homem, em sua ira, decide se vingar de Toby de maneira muito simbólica: estrangulando-o, pois qual a melhor maneira de fazer com que o maldito homem pagasse por toda a maldade que cometeu? Sofrendo a mesma dor. Infelizmente, Toby é sortudo e consegue escapar com lesões leves.

PROVA 5: TOBY TEM DECLARAÇÕES E AÇÕES SUSPEITAS

I. Em um episódio, temos o seguinte diálogo:

Toby: "Essas coisas são assassinos silenciosos" (referindo-se a presença de amianto no ar)

Michael: "Você é o assassino silencioso (...)"

Toby: "Vocês verão"

VEREMOS O QUE, TOBY?

II. Em outro, na última temporada, Toby murmura "Eu vou matar ele", se referindo a Clark, após expulsá-lo do anexo de forma alterada. Não consegue manter o personagem, né, seu maldito?

III. Quando a polícia aparece para fazer uma busca na mesa do Toby, na temporada 5, ele age com muito nervosismo. O que você tá escondendo, Toby?

IV. Toby afirma que mantém seu passaporte com ele o tempo todo. Por que, Toby? Quer fugir do país?

PROVA 6: TOBY TEM PREPARO E FORÇA FÍSICA PARA ATACAR SUAS VÍTIMAS

Toby é um bom corredor, como vimos na quarta temporada; facilidade assustadora para pular um portão, como exibido também na quarta temporada; ensina aulas de auto-defesa (irônico, não?), mostrado na oitava temporada.

Além desses tópicos mencionados, sabemos que Toby tem uma vida de dar pena: divorciado, com uma filha que tem pouca presença em sua vida, rejeitado por mulheres, ofendido pelo seu chefe e colegas de trabalho, feito de chacota por seus livros, ignorado pelo escritório, isolado de todos no anexo, teve seu sonho de viver na Costa Rica destruído... estabilidade mental não é uma palavra que combina com Toby Flenderson.

E é por isso que eu afirmo, convicta:

TOBY FLENDERSON É O ESTRANGULADOR DE SCRANTON.

***

Esse texto foi baseado nesta thread do twitter.

SOBRE A AUTORA

Roberta Ribeiro, 21 anos, de Pindamonhangaba (Sim, existe! E pra tornar mais interessante, é vizinha de Taubaté, que é igual ao Mundo da Lua, onde tudo pode acontecer), é pesquisadora, futura professora, apaixonada por Matemática, livros de fantasia e romance, séries dramáticas e músicas tristes.

Pensando por aí

Um site sobre ciência, cultura pop, sociedade e qualquer outro pensamento que passar pela cabeça dos nossos vários autores independentes

Teoria: A verdadeira identidade do Estrangulador de Scranton Teoria: A verdadeira identidade do Estrangulador de Scranton Reviewed by Pensando por aí on julho 14, 2020 Rating: 5

2 comentários:

  1. Muito divertido! Parabéns, faça mais análises assim😃

    ResponderExcluir
  2. Eu tô com um sentimento bipolar por você. Kkkkk Ao Mesmo tempo que adorei sua análise, odiei o spoiller !!!!!

    Pq? Pq? Pq?

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.