“Unbelievable”: o drama policial da Netflix é "Inacreditável"

Unbelievable (serie 2019) | Netflix

"Inacreditável",da Netflix, é um tipo diferente de drama policial sobre agressão sexual, pois coloca as vítimas em primeiro lugar.


Unbelievable (Inacreditável, em português), nova minissérie original da Netflix, é baseada em fatos reais e inspirada no artigo “An Unbelievable Story of Rape” (Uma história inacreditável de estupro, em tradução livre), publicado em conjunto pela ProPublica e pela The Marshall Project, no dia 12 de março de 2009, e escrito por T. Christian Miller e Ken Armstrong. O artigo se tornou um livro vencedor do Prêmio Pulitzer de jornalismo em 2016. No Brasil o livro foi publicado pela editora Leya com o título de "Falsa Acusação: Uma história verdadeira".

Assim como o artigo, a minissérie narra a trama em dois período tempo; em 2008, a jovem Marie (Kaitlyn Dever) diz para a polícia que foi estuprada por um homem mascarado, que entrou em seu apartamento enquanto estava dormindo. Já em 2011, Amber (Danielle MacDonald) é estuprada por um homem mascarado, que invadiu seu apartamento sem deixar qualquer traço de DNA. A similaridade do modus operandi dos dois ataques é gritante, mas a polícia ainda não sabe disso.

Ninguém nunca acusa uma vítima de roubo de mentir ou alguém que diz que ele foi roubado. Isso não acontece. Mas quando se trata de agressão sexual... - advogado, em Inacreditável  

Diferentemente do que acontece com outros tipos de delito, quando o assunto é estupro, o que a polícia sabe ou deixa de saber é uma questão que está entrelaçada a credibilidade da vítima. É grotesco observar a discrepância de tratamento que Marie recebe em comparação a Amber. Nos oito capítulos podemos observar como uma vítima de abuso sexual pode ser agredida e desacreditada tanto pela polícia, família e amigos. 

Além disso, a minissérie possui uma sensibilidade de mostrar a angústia da experiência de ser violada. Não existe glamourização do estupro em Inacreditável, e isso a torna uma experiência ainda mais impactante. Temos flash quando as vítimas estão relatando os fatos, mas sem apelar para nada gráfico. É o tom de voz e o olhar perdido das vítimas que fala mais do que as marcas em seus corpos. 

Unbelievable (serie 2019) | Netflix
BETH DUBBER / NETFLIX / KLARA AUERBACH / the ATLantic
Ao se centralizar no viés feminino o drama policial ganha um status de sublime e arrebatador. Raramente os dramas interrogaram os efeitos posteriores de trauma sexual, mas Inacreditável concentra seus holofotes inteiramente no assunto, o que pode tornar difícil de assistir, mesmo sem cenas gráficas de violência. Inexplicavelmente a exposição da dor é mais violenta através do diálogo. 

É bastante provável que a minissérie ajude a aprofundar a conversa em torno de culpar as vítimas em casos de agressão sexual, algo que infelizmente é bastante comum hoje em dia. Além de falar sobre como as pessoas não têm apenas uma reação a um trauma. Inacreditável consegue quebrar alguns dos estereótipos que permeiam o universo do estupro e ainda dá um belo tapa no sistema patriarcal. 

O elenco do drama policial conta com nomes em ascensão como Kaitlyn Dever (do sensacional filme Booksmart, que a Carol escreveu a crítica), Danielle Macdonald, Annaleigh Ashford e Omar Maskati, e as consagradas ganhadoras do Emmy Toni Collette e Merritt Wever, como as investigadoras formam um força tarefa para prender o estuprador serial. O show foi co-criado por Susannah Grant (Erin Brockovich), Ayelet Waldman e Michael Chabon com direção de Lisa Cholodenko.


Elilyan

Elilyan é uma leitora compulsiva que fala e pensa demais. No resto é super moderada. Escreve sobre livros, cinema, TV, música, sexo, arte, tecnologia e qualquer outra coisa que passe por sua mente insana. Para ler todos os textos da maluca bastar acessar a tag Elilyan Andrade. Se quiser fazer parte do hospício basta segui-la no Twitter e Instagram @elilyan.

“Unbelievable”: o drama policial da Netflix é "Inacreditável" “Unbelievable”: o drama policial da Netflix é "Inacreditável" Reviewed by Elilyan on setembro 19, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.