12 + romances favoritos de todos os tempos

Silhuetas de casais icônicos de filmes românticos

Finalmente o mundo está reconhecendo as maravilhas dos romances  e comédias românticas - coisa que não acontecia até um tempo atrás. Filmes sobre amor eram considerados coisas "de mulherzinha", sem conteúdo e quem gosta se sentia consumindo um CONTEÚDO PROIBIDO, pois quem quer anunciar aos quatro ventos que vê filmes "bobos"??? Ser cult é assistir Donnie Darko e fazer profundas análises psicológicas (totalmente erradas).
Mas agora felizmente a gente sabe que isso não tem nada a ver, e podemos mandar às favas quem ainda em pleno 2019 repete esse discurso sem sentido. Romances e comédias românticas podem sim ter um roteiro ótimo e com reflexões, assim como também podem só ter a missão de entreter por algumas horas e terem uma penca de clichês maravilhosos. Então resolvi fazer essa lista com os filmes que eu mais amo e que recomendo a todos. Prometo me esforçar pra minimizar os comentários aos gritos em cada um deles HAHAHAHA.

O Casamento do Meu Melhor Amigo




Senti a necessidade de começar a lista com esse CLÁSSICO da sessão da tarde maravilhosooo. Temos Julia Roberts com sua juba gloriosamente natural (sonho com ele até hoje), meu eterno crush Dermont Mulroney, geral cantando I Say a Little Prayer e o clássico clichê "Se a gente não arrumar ninguém até a idade tal, nos casamos". COMBINAÇÃO PERFEITA.

Ainda temos uma mocinha que basicamente age como uma vilã o filme inteiro, o que achei genial. Mas acho que o melhor de tudo foi aquele final. Confesso que no auge da minha inocência dei uma leve shippada com o George, porém agora me encontro recuperada.





O Amor Não Tira Férias


Não sei nem como colocar em palavras o quanto eu AMO esse filme. Temos Cameron Diaz como a ricaça recém divorciada procurando por paz, Kate Winslet fazendo A Sofredora por um homem safado e simplesmente JACK BLACK E JUDE LAW COMO OS PARES ROMÂNTICOS. E por incrível que pareça o romance não é o item principal da história, aqui temos desenvolvimento dos personagens!!!! E histórias pra além do sofrimento amoroso da galera!!!!



A Sogra


Gente, Jennifer Lopez e Jane Fonda. Só essas duas já seriam o suficiente pra tornar o filme maravilhoso né HAHAHAHAHAHA. Uma mocinha singela que tem trocentos mil freelas e um médico bonitão se encontram fortuitamente, se apaixonam e olha que lindo, tudo dando certo....até que chega a hora de conhecer a sogra. Tem toda aquela coisa dele ser o filhote único e o medo da mãe de perder o nenenzinho e aí graças à essa guerra mortal entre as duas temos as melhores cenas da face da terra. Uma farofa DE RESPEITO.



Tudo o Que Uma Garota Quer


Uma garota comum descobre que seu pai desconhecido é simplesmente um lorde inglês e resolve ir atrás dele::::: que maravilhoso???? Realeza é um dos meu clichês favoritíssimos e com o COLIN FIRTH! Pelo amor de deus, todos os romances que esse homem faz são maravilhosos. Ainda temos a diva teen Amanda Bynes sendo doidinha em plena aristocracia britânica e protagonizando cenas icônicas, um verdeiro cristal sem defeitos.

Bônus::: Colin Firth rebolando numa calça de couro!!!!


Vestida pra Casar

"Casamento temático!"
"Qual foi o tema, humilhação?"
Uma moça obcecada por casamentos - sendo madrinha de literalmente dezenas - apaixonada pelo seu chefe bobão conhece um repórter debochado que resolve escrever uma matéria sobre sua história. Resumindo assim parece sem graça (assim como 99% das comédias românticas), porém esse filme é uma verdadeira PÉROLA. A Jane é uma das minhas personagens favoritas porque ela é trouxa, certinha e a pessoa que se sente responsável por todo mundo - exatamente como eu HAHAHAHA. Além do mais, ela me ensinou que quando a noiva entra, vale muito a pena voltar a atenção pra cara que o noivo faz.



Casa Comigo


Neste momento estou fazendo uso de todo o meu auto controle pra não escrever apenas gritos em caps lock, pois este filme está nas primeiras posições do meu top 5. Temos as paisagens bucólicas da Irlanda, mocinha teimosa e princesinha, mocinho grosseirão e os maravilhoso clichês Um Quarto, Uma Cama e Fake Dating (Fingindo Namoro/Casamento). E gente, o que é aquele pedido de casamento no alto da falésia em pleno por do sol??? É nessa parte que eu só sei GRITAR.



A Proposta


Temos aqui nada menos do que Sandra Bullock fazendo Ryan Reynolds de CAPACHO, o que por si só já torna a história interessante, mas além disso ainda temos ALASCA!! Já deve ter ficado claro que tenho um fraco por filmes com belíssimas locações, o que é 100% o caso desse. Em resumo, a mocinha é uma imigrante do Canadá que tá prestes a perder o visto então qual é a ideia? Isso mesmo, FAKE DATING com o funcionário gatinho e é assim que eles vão parar no Alasca, em pleno verão deles (ou seja, seis meses de sol direto). A história ainda fala muito sobre família e como é  relação dos protagonistas com a suas respectivas, o que torna tudo fofinho. E ainda tem essa cena MARAVILHOSA:



Ela é o Cara


Esse filme é uma FAROFAAAAAA, mas que farofa gostosa! Eu particularmente acho ele maravilhoso porque tem um tema que nunca vi em nenhum outro filme: a mocinha é louca por futebol e joga no time feminino da escola que acaba sendo desfeito. O que ela faz? Isso mesmo, resolve SE DISFARÇAR DE HOMEM E FINGIR QUE É O IRMÃO GÊMEO e ir jogar no time masculino do colégio dele. Além do mais ela divide o quarto com o mocinho e ele meio que vai gostando dela tanto na versão Viola quanto na versão Sebastian. Desafiando os padrões de gênero em pleno anos 2000!!



Sem Reservas


Lembro que na primeira vez que vi esse filme, não tava dando muito crédito. Mas né, um romance com Catherine Zeta-Jones e Aaron Eckhart não poderia ser esnobado, e no fim das contas acabei apaixonada. A mocinha é uma chef de cozinha renomada, solitária e um tanto surtado, que acaba tendo que cuidar da sobrinha depois de uma tragédia na família, ao mesmo tempo em que o restaurante contrata outro chef que ela não vai muito com a cara. Mais uma história com o tema família e com uma mulher bem sucedida, sem colocar isso como algo terrível pois as questões dela eram outras (inclusive trabalhadas em terapia!!). No final ela continua sendo bem sucedida, mas com relações pessoais gostosinhas <3




Muito Bem Acompanhada


Foi nesse filme que me apaixonei perdidamente por Dermot Mulroney - e sim, eu vi O Casamento do Meu Melhor Amigo bem depois desse. Temos aqui mais um exemplar de Fake Dating (observe o padrão) onde a mocinha resolver contratar um homem de companhia pra não se sentir humilhada no casamento da irmã mais nova. Também temos paisagens bucólicas do interior da Inglaterra e tretas, muitas tretas entre a galerinha ali. Amo um bafão no dia/durante um casamento HAHAHAHA. 



Mesmo se Nada der Certo


Quem me conhece sabe que ODEIO musicais e consequentemente tenho um pé atrás com filmes que tenham muitas músicas. Porém não sei como nem porquê me deu vontade de ver esse filme, e aaaaaaaaa??? Não sei, as músicas são quase personagens, ou são como narradores em terceira pessoa da história. Eu amei cada uma delas e passei meses seguidos ouvindo a trilha sonora sem parar, o que é um fato histórico na minha vida. Os looks da Keira também me deixaram no chão, 100% quis e ainda quero copiar absolutamente todos!! O mais louco é que apesar do filme ser uma comédia romântica cheia de encontros e desencontros amorosos, o romance em si não é o tema e a mocinha acaba SOLTEIRA. Normalmente isso me deixa bolada pois tô ali pra ver casal, mas esse final se encaixou perfeitamente com o que a história queria contar.



Orgulho e Preconceito


Sim, eu deixei o melhor pro final. Uma adaptação daquela obra prima perfeita da Jane Austen, com Keira Knightley e aquele anjo do Matthew MacFadyen - que em minha humilde opinião é o MELHOR Darcy e nada nem ninguém me fará mudar de ideia - é simplesmente a verdadeira JÓIA dos romances. Eu amo tanto esse filme que não tenho nem palavras pra descrever, só sei que amo as paisagens, amo a trilha sonora, amo todos os atores em cada personagem (Lizzie meu spirit animal!!), nossa. Certamente esse é o filme que eu mais já vi na vida kkkk



Bom, eu poderia seguir essa lista ad infinitum, mas melhor parar por aqui mesmo antes que eu perca de vez o parco controle que me resta depois de reviver todos esses filmes. Mas se você quiser mais, tem uma belíssima playlist com os hinos de cada filme no nosso spotify. Segue a gente lá!

Isabelle Fernandes

Mais conhecida como Bells, é psicóloga, pesquisadora e praticante de taekwondo nas horas vagas. É mãe de três gatos, trata os livros como se fossem relíquias e divide o tempo entre ler artigos científicos e mapas astrais

12 + romances favoritos de todos os tempos 12 + romances favoritos de todos os tempos Reviewed by Isabelle Fernandes on julho 09, 2019 Rating: 5

3 comentários:

  1. Amei esse post, sensacional! Já vi todos esses filmes dezenas de vezes e não me canso! E sim dá vontade de sair GRITANDO mesmo!!!! Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Bells adorei o jeito como escreve, leve e com um lado informativo divertidíssimo! Obrigada por esses momentos lúdicos e saudosos! Bom hoje é dia de procurar esses filmese matar a saudades em uma maratona insana! Rsrsrs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.