A experiência de ver Game Of Thrones inteira em 2019


Quando Game Of Thrones estreou, eu estava no ensino médio. E, caso você não saiba (o que duvido muito), a série estourou MUITO. Foi um verdadeiro fenômeno. Era só chegar na escola que praticamente todos os meus colegas de turma tinham visto o episódio mais recente, ou estavam lendo um dos livros, ou ambas as coisas.

Isso acabou me afastando da série.


Primeiro porque eu era adolescente indie hippie retrô que simplesmente detestava tudo que era modinha (o que, paradoxalmente, me transformava em modinha também): era só algo se popularizar demais que eu acabava perdendo interesse e decidia enfiar a cara num clássico da literatura pra me achar cult.


Segundo porque não tinha como fugir dos spoilers. Se hoje já é IMPOSSÍVEL ver um episódio depois do dia sem saber o que rolou (inclusive eu tomei spoiler do Theon pelo instagram da Sophie Turner!!!), na época era pior ainda. Imagina uma sala com 25 pessoas discutindo EM DETALHES um episódio, essa era a minha realidade.

Daí eu simplesmente desisti. Porque eu sabia que se acontecesse qualquer coisa que me impedisse de ver GOT no momento em que saísse, eu tomaria todos os spoilers possíveis. E eu também não era muito fã de cenas de estupro e o primeiro episódio não me prendeu.

Adianta pra 2019. Depois de anos de ouvir meus amigos mais próximos, meu namorado, o papagaio da esquina, me falarem que a série é ótima, que eu devia dar uma chance, eu decidi ver. Antes que eu tomasse um spoiler do final e desistisse de ver de vez.



A experiência foi meio doida. Nesses anos todos de GOT, eu acabei tomando vários spoilers de partes muito importantes da série: a "morte" do Jon Snow, a morte do Ned, o plot do Bran, a morte do Hodor...

Ao mesmo tempo, algumas coisas não ficaram tão claras até eu ver a série. Eu conhecia o termo "red wedding", mas não sabia EXATAMENTE o que seria (infelizmente agora sei). Nem quão cruel seria o Ramsay.

No geral, eu acho que foi uma experiência melhor eu só pegar a série para ver agora, mesmo com esses spoilers. Tirou totalmente a pressão de ter que ver naquele momento o episódio, e também evitou muitos nervosos que eu passaria se visse a série semanalmente.


Ariel Carvalho

Ariel é uma lua de Urano, um espírito do ar, um sabão em pó, uma marca de carro e uma pequena sereia, mas também é uma bibliotecária que não consegue terminar a meta de leitura, sabe tudo de Monty Python e chora com filmes de ficção científica.

A experiência de ver Game Of Thrones inteira em 2019 A experiência de ver Game Of Thrones inteira em 2019 Reviewed by Ariel Carvalho on maio 20, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.